Minha Casa Minha Vida: Governo reajusta perfil de renda dos beneficiários do

Atualmente, o Governo Federal tem lançado uma série de medidas e alterações que buscam oferecer melhoria na vida dos brasileiros e na economia. O último anúncio, realizado nesta terça-feira (08), trata-se na alteração dos perfis de renda dos beneficiários do Minha Casa Minha Vida, um programa que possui o objetivo de facilitar o acesso à casa própria.

O anúncio dessa alteração no Minha Casa, Minha Vida foi realizada pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo, numa cerimônia no Palácio do Planalto. Com essa modificação, o Ministério da Cidade tem como foco contratar 610 mil novas unidades habitacionais em todas as faixas do MCMV em 2017.

A partir de agora, as famílias com rendimento mensal de até R$ 9 mil (faixa 3) poderão conseguir o financiamento da casa própria pelo Caixa. Anteriormente à essa regra, o limite de renda era de apenas R$ 6,5 mil.

Essa medida foi anunciada com o objetivo de estimular a economia brasileira. Como? Com um maior número de construções residenciais sendo executadas, maior será o estímulo para o setor da construção civil, um dos maiores empregadores de mão-de-obra.

reajuste minha casa minha vida

Além da alteração no perfil de renda, houve também modificação no teto do valor dos imóveis que podem ser financiados com o programa. Neste caso, no Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo, o valor, que antes era de R$ 225 mil, passará a ser R$ 240 mil. Nas capitais da região Norte e Nordeste, o teto do imóvel passará de R$ 170 mil para R$ 180 mil. No entanto, essa alteração não será válida apenas para essas regiões e cidades. O teto será modificado para todas as cidades.

Pré-requisitos do Minha Casa, Minha Vida

Para ter acesso ao financiamento do Minha Casa, Minha Vida, o beneficiário deverá atender alguns pré-requisitos, como:

  • Não ser dono ou ter financiamento de imóvel residencial;
  • Estar cadastrado no Sistema Integrado de Administração de Carteiras Imobiliárias (SIACI) e/ou Cadastro Nacional de Mutuários (CADMUT);
  • Ter recebido benefício de algum outro programa habitacional do Governo Federal;
  • Possui débitos com o Governo Federal.

Novos perfis de renda para financiamentos do Minha Casa, Minha Vida

Em seguida você poderá conferir as alterações dos perfis de financiamento do MCMV para as demais categorias.

Faixa 1: famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil (nesta categoria não houve alteração)

Faixa 1,5: limite de renda mensal passa de R$ 2.350 para R$ 2,6 mil;

Faixa 2: limite de renda mensal passa de R$ 3,6 mil para R$ 4 mil;

Faixa 3: limite de renda mensal passa de R$ 6,5 mil para R$ 9 mil.

Está com alguma dúvida sobre as novas regras do Minha Casa, Minha Vida? Diga-nos na área de comentários para que possamos solucioná-los.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *